sexta-feira, 12 de junho de 2009

do pós dia dos namorados

não chorar, nem lamentar, nem se entristecer, apenas viver.

mas é aí que se encontra o grande desafio ou o grande segredo: sozinho?

marchar sem procurar, afinal: hoje eu não quero. mas bem, só se for você. mas onde você está? eu sei: longe. mas não meço apenas em quilômetros, mas também, em corações.

um dia talvez estejamos mais próximos, ou talvez mais distantes. mas enquanto esse dia não chega, eu fico aqui. bem. feliz. não te esperando. vivendo. sozinho. me surpreendendo. todo dia. apenas te imaginando.

mas se, no que chamam de final, você não chegar. não importa. en ég stend alltaf upp.

1 comentários:

Pj disse...

Como dizia alguém...

"Feliz dia dos namora... eca!"

rs

Mas, enfim... Distâncias me torturam em todos os planos que elas existem...

Postar um comentário